Notícia
Imagem
1.º Estágio da Seleção das Profissões realizado com sucesso.
Título
1.º Estágio da Seleção das Profissões realizado com sucesso.
Notícia

A primeira semana de estágio da seleção nacional das profissões 2020/2021 decorreu de 28 de setembro a 2 de outubro no Serviço de Formação Profissional do Porto. Foi em clima de boa disposição e com palavras de reconhecimento e de ânimo que o Vice-presidente do IEFP, António Leite, esteve presente na sessão de abertura. Ciente do desafio que esta equipa vai enfrentar, António Leite sublinhou que "são os momentos difíceis que nos moldam", reafirmando a convicção de que todos estarão à altura das provas que nos esperam nos próximos tempos.

Ao longo de uma semana, foram testadas competências e postos à prova os treinos realizados até à data. Como é habitual, nas semanas de preparação para competições internacionais, a seleção nacional das profissões viveu um ambiente de "experiência simulada" de um campeonato internacional em termos de provas, de avaliação, de pressão e de horários.

Todas as 16 profissões em estágio estiveram representadas por uma equipa constituída pelo concorrente (selecionado na sequência da participação no Campeonato Nacional das Profissões, Setúbal 2020), o jurado internacional (que acompanha o concorrente nas competições internacionais), o preparador (responsável pelo treino do concorrente na entidade formadora de origem) e um formador convidado do Serviço de Formação Profissional do Porto, num quadro de partilha de aprendizagens, potenciador do envolvimento de mais profissionais de formação no espírito de trabalho da WorldSkills. Estes formadores convidados têm vindo a destacar-se pela colaboração com a WorldSkills Portugal e são uma peça chave na promoção dos valores e standards de qualidade da WorldSkills.

Mas o mundo mudou com uma pandemia que nos obrigou, a todos, a rever atitudes e comportamentos, e com ele, mudaram alguns aspetos na preparação e desenvolvimento deste estágio. Desde logo, e contrariamente aos estágios anteriores, uma das principais mudanças foi a inexistência de visitantes a acompanhar a evolução das provas.

Os layouts dos espaços de trabalho e respetiva utilização foram desenhados tendo em conta as regras de segurança definidas pela Direção-Geral de Saúde no âmbito da COVID-19, o que se traduziu, entre outros aspetos:

  • Todos os percursos de circulação foram assinalados no chão;
  • Observação de uma distância de 2 metros entre os pontos de observação e os postos de trabalho dos concorrentes, distância essa que apenas era quebrada nos momentos de avaliação que obrigavam a maior proximidade entre os elementos das equipas;
  • Utilização obrigatória de máscara por parte de todos os participantes – não obstante, os concorrentes eram autorizados a retirar a máscara quando se encontravam sozinhos no seu posto de trabalho, que funcionava como uma ilha.

Também no refeitório foi necessário cumprir com todas as normas de segurança, tendo sido definidos turnos para as refeições, o limite de uma pessoa por mesa e a higienização das mesas imediatamente após a sua utilização.

Todos estes constrangimentos, contudo, não foram suficientes para inibir a criação do espírito de equipa que caracteriza uma seleção nacional.  No final da semana, os 18 jovens concorrentes já tinham criado laços, na certeza de que deram o seu melhor num contexto diferente, exigente e incerto.

Incerto, porque o rescaldo da primeira semana de estágio para o Campeonato Europeu das Profissões, Euroskills Graz 2020/21, coincidiu com o anúncio, por parte da organização austríaca, do adiamento do evento. 

Fonte: IEFP

Data